SOBRE

A Associação ADIANTO de Promoção Social, fundada em 2008, não tem fins lucrativos e incentiva a formação de uma rede local fundamentada nos princípios da solidariedade, sustentabilidade ambiental, redução de consumo e economia criativa por meio de atividades culturais, esportivas e de educação ambiental.

Entre as atividades práticas, destaca-se o auxílio na gestão de Unidades de Conservação – Ucs, a participação em colegiados temáticos, a assistência social às pessoas em situações de vulnerabilidade e a produção de eventos culturais voltados à educação ambiental e ética.

A Associação Adianto acredita que a integração comunitária propicia o repensar das relações socio-econômicas e ambientais.

MISSÃO:
Contribuir com a sustentabilidade sócioambiental das regiões que atua.

 VISÃO:
Ser referência na realização de projetos, eventos e ações de cunho sócioambiental.

HISTÓRICO
Desde sua formação, em 2004, o grupo realizou diversas atividades sócio-culturais com cunho ambiental e educativo. Inicialmente produziu “Oficinas de Bonecas” e “Oficina de Corrupio”, utilizando retalhos de panos e garrafas pet para produzir brinquedos e artesanatos. Como forma de reflexão sobre o consumo e o desperdício implementou o  “Bazar do Desapego” em Brasília e no Varjão-DF.

II bazar

A partir de 2005, diariamente, a Associação realizou um programa sobre turismo, cultura, alimentação saudável, meio ambiente e musicas alternativas (sem jabá) na Rádio Livre dos Estudantes do UniCEUB 102,7 FM.  O programa existiu até o fim da Rádio, em 2010.

Em 2006, a Adianto lançou o Projeto Cine 0800 de cinema gratuito com debate no Teatro Oficina do Perdiz. O sucesso foi tão grande que o projeto existe até hoje, tendo realizado também sessões nos estados de Goiás e Rio de Janeiro.

Logo cine 0800

No ano de 2008, em comemoração ao Dia do Cerrado (11/9), a Associação Adianto promoveu o projeto Cerrado Sempre Vivo, na Câmara dos Deputados, com ações culturais de sensibilização sobre a importância deste bioma para o equilíbrio natural do planeta. A primeira edição do Cerrado Sempre Vivo expôs fotos dos participantes do I Concurso Adianto de Fotografia – Bioma Cerrado e dos fotógrafos Gabriel Romeu, Sterling Zumbrunn, da antropóloga Vivi Junqueira, bem como artesanatos do filipino Henry Bacus As-Unay e da artesã Roze Mendes, da Flor do Cerrado.

Convite Exposição Congresso Nacional

Posteriormente, a exposição também foi montada no Jardim Botânico de Brasília e no Espaço Cultural Renato Russo e teve fotografias expostas na Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas – COP 15, em Copenhague e no 8º Congresso Interamericano de Conservação em Terras Privadas, em Copacabana. O projeto Cerrado Sempre Vivo também tem o objetivo de apoiar a Proposta de Emenda à Constituição 115/95, que inclui o Cerrado e a Caatinga entre os biomas considerados patrimônio nacional.

Exposição

Ultimamente a Associação Adianto tem promovido eventos relacionados a cultura e meio ambiente. No âmbito da cultura, em 2014 realizou CINE 0800 em Visconde de Mauá-RJ e o lançamento do terceiro livro da poetisa Marla de Queiroz “Ainda é muito cedo pra ser tarde demais” em Casimiro de Abreu – RJ e Macaé-RJ.

10410557_771301786224849_9038358637754994447_n

Em relação ao meio ambiente, promoveu plantio de mudas de espécies nativas na Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN Sítio da Luz.

Mais informações: http://www.casimirodeabreu.rj.gov.br/det_noticia1.asp?id=1533

Na parceria com o Sítio da Luz, a Associação Adianto está elaborando o Plano de Manejo que será publicado em 2015.

imagemreduzida

Atualmente busca parceiros para a implementação de intercâmbio entre viajantes e instituições/pessoas que tem interesse em ajudar e contribuir com voluntariado fundamentado na troca de serviços. A metodologia do intercâmbio é inspirada no sistema WWOOF, que é uma organização mundial, com presença em mais de 99 países e milhares de viajantes e propriedades afiliadas.

O objetivo é receber viajantes de qualquer lugar do mundo que queiram conhecer outras localidades de uma forma diferente, “aprender fazendo, participando”. Os viajantes ajudam com trabalhos diários na propriedade, e os anfitriões hospedam e alimentam os viajantes, dessa forma realizam um intercâmbio de conhecimento e cultura que beneficia a todos.

Ao se afiliar na nossa proposta de intercâmbio, os dados do seu estabelecimento serão publicados em uma lista que disponibilizamos aos viajantes cadastrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>